Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/01/20 às 14h43 - Atualizado em 28/01/20 às 14h43

GDF anuncia investimento de meio bilhão em 57 obras para o DF

COMPARTILHAR

Tendo como prioridade a saúde, a segurança e a mobilidade, o GDF anunciou, nesta terça-feira (28), um investimento de quase R$ 540 milhões em pacote de obras que beneficiará diversas regiões administrativas do DF. Do total do pacote anunciado, 13 obras ficarão sob a responsabilidade da Secretaria de Obras, o equivalente a R$92 milhões.

 

“Tudo destinado à melhora da qualidade de vida da população. O compromisso da SODF é executar as obras de forma eficaz, transparente e segura. Não vamos parar um segundo enquanto as obras anunciadas não forem entregues à população”, afirmou Luciano Carvalho, secretário de obras do GDF.

 

Conheça mais sobre as obras que ficarão sob a responsabilidade da SODF:

 

PRAÇA DO POVO – A proposta desenvolvida cria novas possibilidades de utilização dos espaços públicos, transformando becos em praças, permitindo a multifuncionalidade do local para prática do skate e apresentação de espetáculos e procura ordenar as áreas para quiosques. O investimento será de R$ 1.597.048,12.

 

SETOR DE RÁDIO E TV SUL – As intervenções consistem na ampliação e inclusão de novas calçadas, melhoria das travessias de pedestres e da arborização, reformulação do acesso do ponto de ônibus da via W3 e configuração de rotas de pedestres no Setor. Por fim, está previsto novo ordenamento dos quiosques existentes no local. O investimento será de R$ 6 milhões.

 

REVITALIZAÇÃO DA W3 SUL (QUADRAS 509/510 E 513/514 SUL) – O projeto prevê a readequação do sistema viário com estacionamentos, acessibilidade, paisagismo, recuperação dos becos entre os blocos, troca dos pisos das calçadas, obras complementares de drenagem e sinalização. A revitalização das quadras 509/510 e 513/514 Sul marca a continuidade do processo de recuperação da W3 Sul iniciada em abril deste ano, com a revitalização das quadras 511/512 Sul. O investimento será de R$ 5.150.027,23.

 

BACIA DE DETENÇÃO NO KM 4 DA DF 290 – O processo licitatório está em andamento. O projeto consiste na construção da bacia de detenção, do canal e bueiro no método N.A.T.M (New Austrian Tunnelling Method), cerca viva e plantio de grama no Km 4 da DF-290. O investimento será de R$ 4.737.784,41.

 

COMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA VIÁRIO DA ESPM – Está em andamento processo licitatório para a contratação de empresa para a execução do serviço. A empresa contratada ficará responsável por realizar os serviços de pavimentação, drenagem e sinalização, além da construção de viaduto. O valor estimado do investimento é de R$ 8.843.137,23 e a licitação está prevista para acontecer no dia 19 de fevereiro. A expectativa é que a obra seja iniciada ainda no primeiro semestre de 2020. O investimento será de R$ 8.843.137,23.

 

VIADUTO DA EPIG – O viaduto será construído na intersecção da EPIG com o Sudoeste e o Parque da Cidade – local por onde passam, em média, 22 mil veículos por dia. Os trevos na EPIG serão feitos em trincheiras, ou seja, de forma subterrânea. Com a mudança, quem sair do Parque da Cidade em direção ao Sudoeste não terá mais de passar por semáforos e retornos. Seguirá direto para a Avenida das Jaqueiras, passando embaixo da EPIG. A obra também permitirá sair do Sudoeste, na altura da avenida, e pegar a EPIG sentido Plano Piloto — e vice-versa — sem a necessidade de retorno. O investimento será de R$ 21.440.526,58.

 

DRENAR PLANO PILOTO (FAIXAS 01/02 NORTE) – O programa Drenar Plano Piloto visa o redimensionamento das galerias de águas pluviais das áreas que sofrem com as constantes inundações em época de chuvas. O programa prevê, ainda, a melhoria da qualidade da água pluvial descarregada no Lago Paranoá, por meio da retenção dos resíduos em bacias de contenção e qualidade que ainda irão ajudar a reduzir o pico da vazão do volume de água afluente no Lago, evitando o assoreamento do mesmo. O investimento será de R$ 3 milhões.

 

REVITALIZAÇÃO SOF SUL – O projeto prevê a construção de seis quilômetros de redes de drenagem, uma lagoa de detenção e o recapeamento asfáltico de 10,8 Km de vias da região. O investimento será de R$ 25 milhões.

 

REVITALIZAÇÃO DA FAIXA III DA AVENIDA HÉLIO PRATES – O projeto prevê a implementação de rede viária articulada e hierarquizada para eliminar os gargalos físicos e operacionais e proporcionar condições apropriadas para os usuários da via, reorganização dos espaços públicos, estacionamentos, vias e calçadas em consonância com o uso do solo, além de privilegiar o Sistema de Transporte Público Coletivo STPC/DF e priorizar a mobilidade não motorizada, com equidade no tratamento do solo e respeito às características urbanas e morfológicas da área que se insere. O investimento será de R$ 3 milhões.

 

ESTUDO DE IMPACTO DE VIZINHANÇA DO TÚNEL DE TAGUATINGA – O Estudo Prévio de Impacto de Vizinhança (EIV) constitui instrumento de planejamento, controle urbano e subsídio à decisão do Poder Público para aprovação de projeto, emissão de autorização ou licença para implantação, construção, ampliação ou funcionamento de empreendimentos e atividades públicos ou privados, em área urbana ou rural, que possam colocar em risco a qualidade de vida da população, a ordenação urbanística do solo e o meio ambiente, causar-lhes dano ou exercer impacto sobre eles.Necessitam de EIV os empreendimentos e atividades que se enquadrem no Anexo Único da Lei Distrital nº 5.022, de 04 de fevereiro de 2013. O investimento será de R$ 190 mil.

 

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA SUPERVISÃO DE OBRA – Os serviços de assessoramento e subsídio à fiscalização da obra de construção civil consiste no acompanhamento da execução de todos os serviços de construção, assim como a verificação da conformidade destes com os projetos, especificações técnicas da obra, planilhas, listas, cronogramas físico-financeiros, as normas técnicas e demais elementos exigidos no edital e contrato da respectiva obra. O investimento será de R$ 11,4 milhões.