Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/07/20 às 8h47 - Atualizado em 21/07/20 às 8h53

Licitação das quadras 515/516 marca continuidade da revitalização da W3 Sul

COMPARTILHAR

Está marcada para o dia 18 de agosto a licitação das obras de revitalização das quadras 515/516 sul. O projeto prevê a readequação do sistema viário com estacionamentos, acessibilidade, paisagismo, recuperação dos becos entre os blocos, troca dos pisos das calçadas, obras complementares de drenagem e sinalização. O investimento previsto é de R$ 3.543.293,30.

 

“A licitação das quadras 515/516 Sul marca a continuidade do projeto de revitalização deste importante centro comercial da cidade. Nosso cronograma está mantido para que as obras em todas as quadras da W3 sejam iniciadas neste ano”, destaca o Secretário de Obras, Luciano Carvalho. “Todo o Governo está empenhado em dar continuidade ao processo para que possamos recolocar a W3 Sul no papel de importante centro comercial do DF”, acrescenta.

 

Um dos destaques do projeto é a recuperação total das calçadas, que passará a ser única com piso igual em toda sua extensão, sem desníveis e totalmente adequada para o trânsito de pessoas. “Os obstáculos para o trânsito de pedestres ficam posicionados às margens da via W3, deixando o restante do espaço livre”, explica Ricardo Terenzi, subsecretário de acompanhamento e fiscalização de obras.

 

“Nós estamos muito satisfeitos com a obra. Hoje vemos os carros estacionando de forma correta mantendo a via W2 ordenada e fluida. Temos agora calçadas de excelente qualidade onde as pessoas podem andar com tranquilidade e que, com certeza, são exemplos para outras obras a serem executadas pelo GDF”, avalia o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal, José Carlos, ao se referir às quadras 509/510 já concluídas.

 

PARCERIA

 

Os recursos para a execução desta obra sairão dos cofres da Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap). “Os recursos arrecadados com venda de terrenos pela Terracap se transformam em obras e realizações que melhoram a vida em todo o DF, como o investimento em infraestrutura e tecnologia”, afirma o presidente da estatal, Izidio Santos.

 

Ele comenta, ainda, que mesmo durante a pandemia a construção civil não parou. “A grande aposta com a retomada é justamente o investimento em obras, que emprega mais e mais rápido. É aposta do governo no combate ao desemprego gerado pela pandemia: o investimento em obras!”