Governo do Distrito Federal
31/01/22 às 16h22 - Atualizado em 31/01/22 às 17h43

Desvio na Epig começa a funcionar nesta quarta-feira (2)

A partir das 21h da próxima quarta-feira (2/2), os motoristas que circulam pela Estrada Parque Indústrias Gráficas (EPIG), em ambos sentidos, devem se atentar para o pequeno desvio realizado na via, na altura da intersecção com os acessos ao Parque da Cidade e Sudoeste, em função do avanço dos serviços para construção do viaduto no local.

 

O desvio de cerca de 200 metros, de cada lado da via, terá o mesmo número de faixas existentes atualmente e contará com sinalização vertical e horizontal para facilitar a adaptação de quem circula pela região.

 

“Como é de práxis, apesar da intervenção, nos preocupamos com a mobilidade do cidadão e queremos que o impacto seja o menor possível dentro das limitações inerentes a uma obra de grande porte. Dessa forma, nossos fiscais, com apoio do Detran, estarão analisando o funcionamento do desvio diariamente para verificar a necessidade ou não de alguma alteração”, detalha Luciano Carvalho, secretário de obras.

 

O engenheiro Carlos Magno explica que o abrigo de ônibus situado em frente à entrada e saída do Parque da Cidade, próxima ao edifício-sede da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), será desativado de forma definitiva. “Apenas essa parada de ônibus será desativada. Todas as demais existentes ao longo da via permanecerão em funcionamento normalmente”, diz.

 

Atualmente, a obra encontra-se no estágio inicial, com 12% dos serviços finalizados, com destaque para a drenagem, cuja execução atingiu a cifra dos 90%.

 

OBRA – O viaduto será construído na intersecção da EPIG com o Sudoeste e o Parque da Cidade – local por onde passam, em média, 25 mil veículos por dia. A previsão é de que o investimento seja de R$27 milhões.

 

Os trevos na EPIG serão feitos em trincheiras, ou seja, de forma subterrânea. Com a mudança, quem sair do Parque da Cidade em direção ao Sudoeste não terá mais de passar por semáforos e retornos. Seguirá direto para a Avenida das Jaqueiras, passando embaixo da EPIG. A obra também permitirá sair do Sudoeste, na altura da avenida, e pegar a EPIG sentido Plano Piloto — e vice-versa — sem a necessidade de retorno.