Governo do Distrito Federal
5/08/15 às 14h41 - Atualizado em 13/10/22 às 15h37

Governador discute acessibilidade com ciclistas

Segundo Rodrigo Rollemberg, a adoção de novos métodos e estratégias deve começar pela reformulação do PDTU

 

Em reunião na noite desta terça-feira (4), o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, reforçou a necessidade de pensar a acessibilidade para ciclistas e pedestres nos projetos futuros. Uma das ações prioritárias será a reformulação do Plano Diretor de Transporte Urbano e Mobilidade (PDTU) com a participação da sociedade. “Vamos buscar a metodologia adequada e traçar as estratégias de trabalho”, afirmou.

 

Durante encontro com representantes da organização não governamental (ONG) Rodas da Paz, foram levantados pontos como a interligação de rodovias entre as regiões administrativas. A coordenadora da ONG, Renata Florentino, ressaltou ser bem complicado para as pessoas que utilizam a Estrada Parque Taguatinga (EPTG) chegar de bicicleta a outras localidades como Águas Claras ou Vicente Pires. “São as rodovias que concentram a maior parte das fatalidades envolvendo ciclistas em Brasília”, disse.

 

Também estavam presentes na reunião os secretários de Mobilidade, Carlos Tomé, e de Infraestrutura e Serviços Públicos, Julio Cesar Peres; o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem do DF, Henrique Luduvice; o diretor-geral do Departamento de Trânsito, Jayme Amorim de Sousa; o subsecretário de Políticas e Projetos de Mobilidade da Secretaria de Mobilidade, José Ribamar Goés; o ex-presidente da Rodas da Paz, Jonas Bertucci, a fundadora da ONG, Elisabeth Veloso; e o diretor-financeiro da organização, Maurício Pinheiro.