Governo do Distrito Federal
4/02/13 às 16h20 - Atualizado em 13/10/22 às 15h34

Lançada licitação de 160 milhões para recuperação asfáltica do Plano Piloto

Foi publicado no diário oficial de hoje (07/02) o aviso de licitação para a reforma das principais avenidas do Plano Piloto, dentro do Programa Asfalto Novo. A realização dessas obras dará continuidade ao trabalho de recuperação asfáltica que já foi ou está sendo executado em outras áreas, como por exemplo, os eixinhos, a Avenida W3 e a Avenida L4 Sul. A licitação será realizada no dia 14 de março na Novacap.

Somente no primeiro semestre deste ano, antes da Copa das Confederações, o GDF vai investir R$ 160 milhões na melhoria da malha viária do DF. A determinação do governador Agnelo Queiroz e do vice-governador Tadeu Filippelli é para que todas as principais vias sejam totalmente restauradas.

Os investimentos estão previstos no programa Asfalto Novo, lançado no dia 14 de janeiro, pela Secretaria de Obras e pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap), durante audiência pública, realizada no Auditório da Novacap, em cumprimento ao artigo 39 da Lei 8.666/93. Participaram da audiência o secretário de Obras, David de Matos, o presidente da Novacap, Nilson Martorelli, além de diretores, gestores, empresários, lideranças comunitárias, representantes das Administrações Regionais e populares.

Com os R$ 160 milhões disponíveis serão restauradas as vias W4, W5, L2 Sul, Eixo Monumental e toda a pista do contorno do Parque da Cidade, entre outras. Mas o trabalho não vai se restringir à região central de Brasília. Novos recursos serão liberados posteriormente para que todas as principais avenidas das regiões administrativas do DF sejam recuperadas. “O serviço de fresagem e de recuperação da capa asfáltica vai deixar as vias em perfeitas condições de trafegabilidade e evitar o surgimento de trincas e buracos, que costumam aparecer com a chegada das chuvas”, explicou o secretário de Obras, David de Matos.

Com isso, o governo vai diminuir os recorrentes gastos com as operações tapa-buracos, uma vez que o recapeamento proporciona recuperação ampla da pista, incluindo a base do pavimento (como mostra a foto), a exemplo do que já ocorre nos Eixinhos, W3, L4 Sul, Estrada Parque Guará (EPGU) e Via Elmo Serejo, que corta Taguatinga e Ceilândia.

Ainda de acordo com o secretário David de Matos, as obras nas principais vias da região do Plano Piloto deverão ser concluídas até a Copa das Confederações. “Todas as obras serão devidamente sinalizadas e realizadas em período noturno, para evitar os transtornos aos motoristas. Além disso, os prazos serão rigorosamente observados e as multas serão elevadas, para evitarmos o descumprimento das exigências contratuais”, adiantou o secretário.

Pesquisa de campo e planejamento – Para definir os pontos a serem atacados com as obras de recuperação asfáltica, a Gerência de Pavimentos Urbanos (GPU), coordenada pela Diretoria de Urbanização da Novacap, realizou, ao longo dos últimos dois anos, mais de 81 mil inventários baseados em pesquisa de campo em todas as vias urbanas das 30 Regiões Administrativas do Distrito Federal. A cidade de Brasília (RA I) foi dividida em 14 lotes para facilitar o planejamento e a execução das obras, que poderão variar de simples operações corretivas até a completa reconstrução do asfalto com a colocação de microrrevestimento, a depender das condições de cada pavimento.

O Edital e seus anexos poderão ser retirados no endereço eletrônico www.novacap.df.gov.br. Qualquer modificação ou esclarecimento referentes ao edital e seus anexos serão disponibilizados no mesmo endereço eletrônico. Outras informações podem ser obtidas no telefone 3403-2322.